Curiosidades sobre a Gravidez

Para algumas mulheres, o sinal mais claro de que estão grávidas é a ausência de menstruação. Mas há outros: dores de cabeça, cólicas abdominais, enjoos, escurecimento dos mamilos, seios inchados e aumento da vontade de fazer xixi.

Alterações fisiológicas no corpo da mulher durante a gravidez:
01 – Os seios aumentam de tamanho e os mamilos podem ficar mais escuros.
02 – A dilatação do útero comprime a bexiga, dando vontade de urinar a todo instante.
03 – O volume de sangue cresce 50%, aumentando os batimentos cardíacos.
04 – Até o fim da gravidez, o tamanho do útero aumenta 20 vezes.

Quais exames devem ser feitos durante o tempo em que o bebê está na barriga da mãe (o pré-natal)? Anote aí: ultrassom, translucência nucal, Dopler do ducto venoso e cardiotocografia anteparto. Um detalhe muito importante: os médicos recomendam, no mínimo três ultrassons, feitos entre a 8a e a 36a semana de gravidez.

O que é translucência nucal? É um exame feito entre a 10a e a 14a semana de gravidez que detecta anomalias cromossômicas no feto.

E o que que é Dopler do ducto venoso? É um exame que, como a translucência, detecta problemas de má-formação da criança. É feito entre a 10a e a 14a semana.

E cardiotocografia anteparto? Feito a partír da 36 semana da gravidez, o exame de cardiotocografia anteparto analisa as contrações do útero e capta os batimentos cardíacos do bebê.

O ultra-som é um método que, como todos sabem, permite ver o bebê e até descobrir o seu sexo. Também é usado para observar os órgãos internos dos pacientes.

Dizem por aí que é mais perigoso nascer no oitavo do que no sétimo mês de gravidez, o que não é verdade. É mais perigoso nascer no sétimo mês. Quando maior o tempo que o bebê passa na barriga materna, menor o risco de complicações.

Os enjoos durante estão relacionados a um hormônio chamado HCG, responsável por ajudar os ovários a produzir progesterona e estrógeno nos primeiros meses da gravidez.

Assim que engravidam, as mulheres ficam ansiosas para sentir os primeiros chutes do bebê. Mas é bom segurar a ansiedade por que só dá para sentí-los a partír da 18a semana. O detalhe é que o bebê começa a se mexer na 10a semana de gestação.

A partír da 14a semana, o bebê começa a fazer movimentos de respiração, a engolir o liquido aminiótico e a franzir as sobrancelhas. Na 23a, ele já ouve e reage a ruídos externos.

O sexo do bebê é definido durante a fertilização. Mas quando dá para descobrir se é menina ou menino? A partír da oitava semana através do exame de sangue de sexagem fetal. O exame de ultrassom só consegue descobrir o sexo a partír da 13a semana.

O peso da gestante deve ser controlado levando em conta a sua massa corporal. Se engordar demais, ela corre o risco de ter problemas de diabete gestacional, hipertensão e de ter parto de cesárea.

Afinal, você sabe o que é eclampsia? É um problema cuja maior característica são os quadros hipertensivos durante a gravidez. O aumento da pressão arterial ocasiona inchaços (o chamado edema), aumento súbito de peso e perda de proteínas através da urina. Nos casos mais graves, pode ocasionar convulsões, sangramento vaginal e até o coma.

E Síndrome Hellp, já ouviu falar? Mais conhecida como Hellp, é um problema raro que pode levar à morte do bebê e da gestante. O Hellp é muitas vezes confundido com a eclâmpsia. destruição dos glóbulos vermelhos pelo rompimento da membrana plasmática; elevação das enzimas hepáticas e baixa contagem de plaquetas – podendo levar à insuficiência cardíaca e pulmonar, hemorragia interna, acidente vascular cerebral e outras complicações graves na mãe. Foi a Síndorme Hellp que provocou a morte da personagem Diana na antiga novela das 9h00 Passione.

CURIOSIDADES:

Nos primeiros dias de gravidez, o número de células do zigoto (o estágio inicial do feto), dobra a cada 20 horas.

O coração do embrião começa a bater quando ele está com 4 mm (do tamanho de um feijão). Com 1 cm, já é possível identificar coração, cérebro, pernas e braços.

A individualidade do embrião é definida a partír da 3a semana, quando as células do zigoto deixam de se dividir.

Ao final de gravidez, o liquido aminiótico aumenta quase 1 litro e a placenta chega a pesar 600 gramas.

Ao contrário do que a gente vê nos filmes e novelas, a bolsa só se rompe em 15% dos casos.

Apenas 5% dos bebês nascem na data prevista.

O bebê alterna períodos de vigilância e sono, mas, no total, dorme cerca de 16 horas por dia.

Já foram registrados casos de homens com gravidez psicológica.

Uma mulher russa teve 69 filhos entre 1725 e 1765. Foram 27 partos: 16 de gêmeos, 7 de trigêmeos e 4 de quatrigêmeos.

A gravidez mais curta no reino animal é a do musaranho, que dura 18 dias. A mais longa é a do elefante, que dura 24 meses.

A gestação da baleia não é tão longa quanto a do elefante. Ela dura “apenas” 11 meses, mas o bebê é certamente o maior. O filhote da baleia-azul (o maior animal da Terra) nasce com quase uma tonelada.

Você sabia que são os machos dos cavalos-marinhos que ficam grávidos? Pois é, a gestação do papai dura dois meses e começa quando a fêmea transfere os ovos de sua bolsa incubadora para dentro da bolsa incubadora do macho.

Fonte: Mais Que Curiosidade

Publicado em Curiosidades | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Curiosidades sobre o casamento do príncipe de Mônaco

Em meio a severas medidas de segurança, Mônaco vive em todo o seu esplendor os preparativos para o casamento de Albert II com a sul-africana Charlene Wittstock, mais um “conto de fadas” moderno elaborado na esperança de reaquecer sua economia e resgatar os tempos áureos do brasão real.

Os 35 mil habitantes do principado esperam receber 200 mil visitantes – o mesmo número que o principado abrigou para o Grande Prêmio de Fórmula 1 – atraídos pelos festejos organizados por ocasião do casamento do príncipe, de 53 anos, com a ex-nadadora olímpica sul-africana, de 33.

Espera-se que a maioria dos turistas e curiosos venham da França e da Itália.

Distribuição de taças de champanhe em lojas e museus, estacionamentos grátis e até testes gratuitos em carros de corrida, além de uma “tarifa especial” (50 euros) para um voo de helicóptero, estão entre as atrações ligadas ao evento.

“Vocês também são convidados especiais”, é um dos slogans do departamento de Turismo do principado, que lista as propostas organizadas para estes três dias de festividades. Estão convidados chefes de Estado de mais de vinte países, 38 famílias reais e centenas de celebridades.

“Meu objetivo é que (os visitantes) venham o quanto antes para as celebrações”, explicou o diretor de Turismo, Michel Bouquier, reconhecendo que a atividade turística de Mônaco foi afetada pela crise, que prejudica principalmente o turismo de negócios.

No começo de junho, a Sociedade de Banhos de Mar (SBM), a principal empresa do principado, que tem o monopólio dos cassinos, anunciou para 2010-11 um prejuízo de 17,3 milhões de euros, devido a uma forte queda nas receitas dos cassinos. Os jogadores parecem mais cautelosos por causa da crise.

O orçamento total para as festividades não foi divulgado. O Conselho Nacional (parlamento) aprovou um orçamento de 4 milhões de euros, mas a soma desembolsada pelo Palácio não foi revelada, da mesma maneira que não foi dado nenhum detalhe sobre a participação de grandes marcas de luxo associadas aos eventos.

Estão programadas festas populares, um show da banda Eagles no estádio de futebol, que será assistido pelos noivos, além de um espetáculo de música e luz, um show de Jean Michel Jarre e espetáculos de fogos de artifício.

A cerimônia de casamento civil, nesta sexta-feira na Sala do Trono do palácio principesco, e a religiosa, no sábado, ao ar livre, no Pátio de Honra do Palácio, poderão ser acompanhadas em telões na praça.

O turismo de Mônaco, que diminuiu 9% em 2009, antes de se recuperar em 6% no ano passado, espera se beneficiar da imagem deste feliz acontecimento da família Real, que passou por uma sequência de dramas e tragédias.

O impacto positivo do casamento já começa a ser notado: os hotéis estão quase lotados (2.700 quartos, em hotéis dos quais 90% são de quatro estrelas), e os comerciantes sorriem.

Apenas neste mês, a loja “Souvenirs Shop”, perto do Palácio, vendeu mais de mil taças fabricadas para a ocasião do casamento Real.

“As vendas estão muito boas, principalmente das taças e dos leques, assim como os chaveiros”, comentou a gerente, Fabienne Thouant.

Foi registrado um aumento no número de escalas de cruzeiros em Mônaco, revelou Bernard Lambert, diretor geral da SBM, que garante que “a adrenalina está subindo” antes do casamento real.

O casamento, transmitido por dezenas de canais de televisão, será uma ocasião para falar de Mônaco de “uma maneira diferente”, reconheceu o príncipe Albert, cujo principado, o segundo menor Estado do mundo, enfrenta a competição de outros países para atrair as grandes fortunas do mundo.

Albert e a noiva têm se esforçado para manter a impressão de tranquilidade, após a revista francesa L’Express informar que o casamento poderia não ocorrer em função da insatisfação da noiva em relação à vida pregressa do noivo.

A publicação recordou a agitada vida privada do príncipe de Mônaco, que reconheceu publicamente que tem dois filhos fora do matrimônio, uma menina e um menino.

Jazmin Grace, de 19 anos, foi fruto de uma relação com Tamara Rotolo, ex-camareira americana, e Alexandre, de seis anos, foi o resultado de uma relação com Nicole Coste, ex-aeromoça francesa nascida em Togo.

Albert os reconheceu oficialmente depois de sua chegada ao trono, mas, segundo a Constituição, eles não poderão sucedê-lo.

Outras Curiosidades:

O casamento de Príncipe Albert e Charlene Wittstock está marcado para os dias 1º e 2 de julho, no Palácio do Príncipe. No primeiro dia, acontecerá a cerimônia de casamento civil. E no segundo, será a grande festa religiosa, que poderá ser vista pelos monegascos em grandes telões. Conheça algumas curiosidades sobre esse grande acontecimento.

Charlene Wittstock, criada como protestante, tornou-se membro da Igreja Católica Romana e recebeu catequismo nessa igreja, como requerido pela constrituição de Mônaco. A futura princesa também aprendeu o dialeto monegasco, o protocolo da corte europeia e a língua francesa.

Assim como William e Kate, o Príncipe Albert e Charlene trocaram os presentes de casamento por doações. O casal criou uma conta especial para recebê-las e em setembro será comunicado onde serão alocadas.

Os dois dias de celebração serão acompanhados pelas safras mais excepcionais de champagne Perrier-Jouët, e uma safra exclusiva também será servida nesse evento histórico.

O Príncipe Albert e Charlene assinarão os registros do casamento com uma caneta especialmente desenhada pela Montblanc. Essa peça única será feita com pedras preciosas e terá o monograma dos noivos.

Príncipe Albert e Charlene Wittstock escolheram o Sr. Alain Ducasse para organizar o jantar oficial do casamento, em colaboração com a S.B.M. Os preparativos acontecerão nas cozinhas de Luis XV, do Hotel de Paris, com o apoio da equipe da Société des Bains de Mer de Monte Carlo. O menu, com pratos da cozinha mediterrânea, será todo feito com produtos da região, principalmente de Rocagel.

Mais de 450 pessoas participarão do jantar, que acontecerá no terraço do Opera Garnier, no dia 2 de julho.

Fonte: CasamentoClick e Google

Publicado em Curiosidades | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Concursos Públicos

concursos

O Segredo é Estudar !!!

A primeira etapa para a realização de um concurso é a criação de cargos ou abertura de vagas quando ocorrem tranferências, aposentadores e falecimento etc. de funcionários da instituição.

Se existirem vagas, a instituição faz um pedido de autorização de concurso ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (o MPOG). A autorização é publicada no Diário Oficial da União, do Estado ou do Distrito Federal.

Assim que o concurso é autorizado, a instituição escolhe a entidade organizadora e passa todas as orientações para ela.

O edital é publicado e divulgado nos diários oficiais, nos jornais especializados em concursos (Folha Dirigida, Jornal dos Concursos etc) e nos sites das entidades organizadoras (veja a lista abaixo).

Em relação às provas, é bom saber que elas são aplicadas sempre nos finais de semana. O candidato deve chegar sempre com uma hora de antecedência.

Já em relação ao material que pode ser utilizado durante a aplicação das provas, é sempre bom consultar as regras – principalmente sobre o uso de calculadoras e outros objetos eletrônicos.

Os gabaritos costumam ser divulgados logo após a prova. Já a divulgação e a ordem dos aprovados são divulgados na data estabelecida no edital do concurso.

O candidato pode apresentar recurso contra o gabarito e a lista de aprovação, mas é sempre bom ficar de olho no período em que esses recursos podem ser aceitos.

As regras para convocação de aprovados determinam que aquele que foi aprovado em um concurso de prova ou de provas poderá ser convocado para assumir o cargo no prazo de dois anos. A chamada obedece sempre a lista de classificação.

Detalhe: depois de expirado o prazo de validade, não haverá de modo algum o próximo direito ao cargo. Se você fôr o próximo a ser chamado e o prazo de validade tiver vencido, esqueça o assunto. Mas como vimos, o prazo de validade de um concurso público é de dois anos, mas poderá ser prorrogado por mais dois anos.

Se você tem ensino fundamental ou médio incompleto, preste atenção no edital do concurso. Alguns (poucos) concursos aceitam candidatos com ensino incompleto.

Se você ainda não retirou o diploma de curso superior, preste atenção no edital. Alguns aceitam um certificado de conclusão, mas outros exigem o diploma emitido pelo MEC.

Se você é estrangeiro, lembre-se de que só pode participar de concursos públicos se for naturalizado.

Se é deficiente, preste atenção na questão dos laudos médicos, pois ele certamente pode ser exigido no ato da inscrição no concurso. Algumas bancas examinadoras possuem equipes médicas que avaliarão o laudo e concluirão se a pessoa pode ser inscrita como deficiente.

Ter o “nome sujo na praça” não impede ninguém de participar de concursos. Empresários também podem se inscrever sem nenhum problema.

Menores de idade não podem participar de concurso, a não ser em casos como o da pessoa com 17 anos e está prestes a completer 18. Se foi aprovado e ainda não completou 18, não poderá assumir o cargo.

Agora, a dúvida mais frequente: posso prestar concurso em outro Estado? A resposta é sim. Qualquer brasileiro nato ou naturalizado pode fazer concurso em qualquer localidade do Brasil.

Você poderá tomar posse do cargo até 30 dia após o edital de convocação.

DICAS:

Assim que consultar o edital, preste bastante atenção no nível de escolaridade exigido, número de vagas abertas, remuneração e, principalmente, data de inscrição e data das provas.

Preste também atenção nas matérias exigidas e nunca se descuide das matérias básicas como Língua Portuguesa, Redação e Matemática.

Quer se dar bem na redação? A melhor dica é ler, ler, e ler sempre. Experimente ler o jornal do dia, mas nunca esqueça de escritores consagrados como Machado de Assis, Lygia Fagundes Telles etc. Se ele não ajudarem na redação, pelo menos ajudarão você a ordenar o pensamento se expressar melhor.

Fique esperto com as apostilas de português. Você poderá se dar mal se usar uma apostila emprestada de amigos ou biblioteca pública. Ela pode não estar atualizada com as novas regras da Língua Portuguesa.

Outra boa dica para quem pretende se dedicar aos estudos preparatórios: veja sempre os simulados publicados na internet e em jornais como Jornal de Concursos e Folha Dirigida. Também é possível encontrar apostilas só com simulados em bancas de jornais.

Se estiver fazendo curso preparatório, esqueça a inibição e pergunte, pergunte e pergunte. Nunca deixe de perguntar.

Descanse bastante no dia anterior à prova e saia cedo de casa para não se atrasar. Lembre-se de que podem ocorrer imprevistos como temporais e “previstos” como engarrafamentos próximo dos locais das provas.

Por falar em local das provas, se for um pouco distante, pesquise com antecedência o itinerário ou as linhas de ônibus para chegar lá.

Lembre-se de que para passar em um concurso ou vestibular, é necessário muita dedicação e força de vontade. Uma matéria plublicada recentemente na revista Super Interessante entrega a fórmula do sucesso: 10.000 horas de estudo e trabalho. Você não precisa chegar a tanto, mas se der um pouco de si, certamente chegará lá.

Agora, se não passou no concurso que tanto desejava, paciência. Mais cedo ou mais tarde você conseguirá. Boa sorte.

Fonte: Mais Que Curiosidade

Publicado em Curiosidades | Marcado com , , | Deixe um comentário

Curiosidades sobre a Flórida

mapa da flórida

Mapa da Flórida

A Flórida é um dos 50 estados dos Estados Unidos da América, localizado na Região Sudeste do país. O Estado é o mais meridional (ao sul) dos 48 Estados que ficam na parte continental do país. A taxa de crescimento populacional da Flórida é a quinta maior entre os Estados americanos.

A Principal fonte de renda da Flórida é o turismo. O Estado é conhecido mundialmente por suas diversas atrações turísticas, que atraem anualmente mais de 60 milhões de turistas, vindos de outros Estados americanos e de outros países. Estas atrações incluem inúmeras praias, que aliados ao clima relativamente ameno o ano inteiro, atraem milhões de turistas americanos e canadenses no inverno. o Walt Disney World e o Cabo Canaveral. Outras fontes de renda importantes do Estado são o cultivo da laranja – quase todo o suco de laranja americano é produzido na Flórida – finanças e a indústria aeroespacial.

A Flórida foi inicialmente explorada e colonizada pela espanhóis, que a controlaram até 1819, quando foi comprada e anexada pelos Estados Unidos. A Flórida tornou-se o 27º estado americano em 3 de março de 1845. O estado separou-se dos Estados Unidos em 1861, juntando-se aos Estados Confederados da América. Após a derrota dos confederados na Guerra Civil Americana, em 1865, a Flórida foi readmitida como Estado em 1868. Desde então, a população da Flórida começou a crescer consideravelmente, crescimento que continua até os dias atuais.
A Flórida é uma península, cercada por três lados – sul, leste e oeste – pelo Oceano Atlântico. Ao sul e a oeste, localiza-se o Golfo do México. A Flórida limita-se ao norte com os estados americanos de Geórgia e Alabama, e a oeste com o Alabama. Vizinhos ao sul incluem as Baamas e Cuba.

A altitude da Flórida é baixa. Geograficamente, o Estado é dominado por grandes planícies. O ponto mais alto do Estado é Britton Hill, com seus 105 metros de altura. Este monte é o menor ponto mais alto de qualquer Estado americano. A Flórida, juntamente com a Luisiana, é o Estado que possui a menor altitude média dos Estados Unidos, de 30 metros.

A Flórida é caracterizada pela grande presença de lagos e rios, que espalham-se por todo o estado. O Rio St. Johns é o rio mais longo do Estado, com seus 443 quilômetros de comprimento. O Lago Okeechobee é o maior lago do Estado, com seus 1 760 quilômetros quadrados. É também o quarto maior lago localizado totalmente dentro dos Estados Unidos da América (o maior é o Lago Michigan). A Flórida possui cerca de 30 mil lagos e laguinhos. Além disso, 17 grandes poços artesianos e várias centenas de pequenos poços espalham-se por todo o Estado. Um destes poços, o Wakulla Springs, possui uma profundidade de 56 metros. As águas de alguns destes poços são tão claras que pode-se ver claramente o conteúdo do poço até uma profundidade de aproximadamente 25 metros. Vários pântanos espalham-se pelo sul e pelo leste do Estado, onde crocodilos são muito comuns.

O litoral da Flórida possui 2 173 quilômetros de extensão. O litoral do Estado ao longo do Golfo do México possui 1 240 quilômetros e 933 quilômetros ao longo do Oceano Atlântico. Contando-se todas as regiões banhadas pelo mar – baías, estuários e ilhas oceânicas – o total salta para 8 271 quilômetros, dos quais 5 361 quilômetros estão localizados ao longo do Golfo do México e 2 910 quilômetros ao longo do Oceano Atlântico. Quando o litoral formado por ilhas oceânicas e reentrâncias é contado, a Flórida possui o segundo litoral mais extenso do país, atrás apenas do Alasca.

A Flórida pode ser dividida em três distintas regiões geográficas:

As Planícies Ocidentais da Costa do Golfo ocupa muito do litoral ocidental da Flórida. Está dividida em duas secções, com uma cobrindo a parte sul da província, e com a outra cobrindo o litoral do noroeste da Flórida. Caracteriza-se pela presença de presença de longas barreiras de ilhas ao longo do litoral e da grande presença de pântanos.
O Planalto da Flórida ocupa a região central do Estado, esticando-se da região centro-oeste da península até o sul dos Estados de Alabama e de Geórgia. Caracteriza-se por possuir as altitudes mais altas do Estado – sua altitude média é de 80 metros, sendo que o ponto mais alto do Estado, Britton Hill, com seus 105 metros de altitude, localiza-se nesta região, no norte do Estado.
As Planícies Costeiras do Atlântico ocupam toda a região oriental da Flórida. Caracteriza-se pela presença de longas barreiras de ilhas ao longo do litoral e da grande presença de pântanos – embora muito tenham sido drenadas para a construção de fazendas e cidades. Uma destas regiões pantanosas é a região do Everglades, que dá ao Estado o cognome de The Everglade State. A região mais meridional do país – o arquipélago de Florida Keys – localiza-se nesta região. As poucas diferenças entre as Planícies do Atlântico e as Planícies da Costa do Golfo são que a primeira cobre o litoral do Oceano Atlântico, e a segunda, o litoral do Golfo do México, a maior presença de lagos nas Planícies do Atlântico, e que os pântanos da última são muito maiores, mais profundas e mais úmidas do que os pântanos da Costa do Golfo. Os pântanos do Atlântico foram sensivelmente menos afetados pela presença humana dos que os pântanos da Costa do Golfo. A região pantanosa de Everglades, por exemplo, possui cerca de 7 112 quilômetros quadrados de extensão.
O clima da Flórida é amenizada pela sua proximidade a grandes corpos de água – o estado é cercado pelo Oceano Atlântico por três lados. A maior parte do Estado possui um clima subtropical, com o extremo sul do estado possuindo um clima tropical. A Flórida possui em média cerca de 300 dias de sol anualmente – daí a origem de um de seus cognomes, The Sunshine State (O Estado do Brilho do Sol). As estações do ano no Estado são muitas vezes apelidadas de “quente e mais quente”, mas atualmente mais determinada mais pela precipitação do que pela temperatura. A Flórida possui duas estações definidas: invernos relativamente secos e amenos, e verões quentes e úmidos. A quente corrente do Golfo possui um efeito moderador no estado, nos dias de inverno, e aumentando as temperaturas do estado nos dias de verão. Temperaturas máximas geralmente superam os 35°C, e muitas vezes, superam os 40°C, quando o efeito da umidade do ar é contada.

Durante todo o ano, as temperaturas médias caem à medida em que se viaja em direção ao norte. No inverno, a temperatura média no sul do Estado é de 18°C, na região central, de 15°C, e no norte, de 12°C. A média das mínimas é de 14°C no sul e de 6°C no norte; e a média das máximas é de 24°C no sul e de 18°C no norte. A temperatura mais baixa já registrada na Flórida é de -19°C, registrada em Tallahasee, em 13 de fevereiro de 1899. Porém, as temperaturas raramente caem abaixo de 0°C, mesmo no norte, e muitas vezes superam os 28°C. No verão, a temperatura média no sul é de 29°C, de 28°C na região central e de 27°C no norte. A média das mínimas é de 24°C no sul e de 21°C no norte, e a média das máximas é de 32°C no sul e de 33°C no norte. A temperatura mais alta já registrada no Estado é de 43°C, registrada em Monticello, em 29 de junho de 1931. A taxa de precipitação média anual de chuva na Flórida é de 137 centímetros. Neve é extremamente rara no Estado.

Tempo severo é uma ocorrência comum em Flórida. A Flórida é o Estado americano com a maior precipitação média anual do país, por causa das tempestades que costumam ocorrer na tarde do dia, nos dias de primavera, verão e outono do estado. Estas tempestades podem ocorrer repentinamente, mesmo em um dia muito ensolarado. O contrário também vale, e muitas vezes, um dia, após uma tempestade, pode voltar a ter um dia ensolarado. Estas tempestades são causadas pelas correntes de ar do Golfo do México e do Oceano Atlântico, que colidem sobre a península, trazendo chuva, granizo e tempestades, muitas vezes de forma repentina, bem como ventos e às vezes tornados. A Flórida é atingida por trovões mais do que qualquer outro Estado americano, e também possui mais tornados por quilômetro quadrado, embora os tornados que ocorrem na Flórida raramente sejam tão grandes quanto aqueles que ocorrem no sul do interior dos Estados Unidos da América.

Neve é uma rara ocorrência climática na Flórida. Em 1899, o Estado foi atingido por uma tempestade de gelo, possivelmente pela primeira vez na história do estado. Esta tempestade também registrou as temperaturas mais baixas já registradas na história do estado: -19°C, em 13 de fevereiro, em Tallahassee. A maior precipitação de neve da história do estado aconteceu em fevereiro de 1978, quando a neve caiu em várias partes do estado em diferentes ocasiões do mês, estendendo-se até o extremo sul do estado. Foi nesta ocasião que a neve caiu em Miami pela primeira e única vez na história da cidade.

Furacões são uma ameaça no verão e no inverno. A Flórida viu grande destruição em 2004, quando foi atingida por um recorde de 4 furacões. O furacão Charley atingiu o Estado em 13 de agosto, Frances em 4 de setembro, Ivan (o mais destrutivo dos quatro) em 16 de setembro e Jeanne em 25 e 26 de setembro. Os quatro causaram juntos um prejuízo de 42 bilhões de dólares para o Estado. Em 2005, o furacão Dennis tornou-se o quinto furacão a abater a Flórida em apenas 11 meses, em 10 de julho. Já o furacão Andrew, que abateu a Flórida em 12 de agosto, foi o desastre natural que causou a maior destruição em apenas uma única ocorrência: um total de 25 bilhões de dólares em prejuízos. Em sua história, vários furacões abateram sob o estado, e muitos continuarão a ocorrer e causar danos e prejuízos ao estado.
O censo nacional de 2000 estimou a população do Estado em 15 982 378 habitantes, um crescimento de 24% em relação à população do Estado em 1990, de 13 003 362 habitantes. Apenas o Nevada, Arizona, Utah e a Geórgia tiveram maior crescimento populacional. Uma estimativa realizada em 2005 estima a população do Estado em 17 789 864 habitantes, um crescimento de 36,8% em relação à população do Estado em 1990, de 11,3%, em relação à população do Estado em 2000, e de 2,3% em relação à população estimada em 2004.

O crescimento populacional natural da Flórida entre 2000 e 2005 foi de 246 058 habitantes – 1 115 565 nascimentos menos 869 507 óbitos – o crescimento populacional causado pela imigração foi de 528 085 habitantes, enquanto que a migração interestadual resultou no ganho de 1 057 619 habitantes. Entre 2000 e 2005, a população da Flórida cresceu em 1 807 486 habitantes, e entre 2004 e 2005, em 404 434 habitantes.

Sendo um dos Estados em mais rápido crescimento populacional dos Estados Unidos, a Flórida deverá tornar-se o terceiro Estado mais populoso do país até o final da década de 2000, superando o Estado de Nova Iorque.

PRINCIPAIS CIDADES:
Jacksonville.
Miami.
Tampa.
Fort Lauderdale
Orlando
West Palm Beach
Sarasota-Bradenton
Lakeland
Melbourne-Titusville
Cape Coral-Fort Myers-Naples

Fonte: GForum

Publicado em Curiosidades | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

TV Exibe Suicídio

A emissora britânica “BBC” transmite nesta segunda-feira o suicídio assistido de Peter Smedley, um milionário britânico de 71 anos que sofria de um transtorno neuromotor e que foi para a clínica suíça Dignitas para morrer.

A transmissão foi alvo de críticas de diversas organizações, que acusaram a emissora de ajudar a promover o suicídio assistido e de encorajar outras pessoas a seguirem os passos de Smedley.

A “BBC” se defendeu afirmando que o filme, com o título de “Choosing to die”, dará aos telespectadores a oportunidade de formar sua própria opinião, já que o programa recolhe todos os pontos de vista relacionados com o suicídio assistido.

O filme mostra imagens de Smedley tomando uma dose letal de barbitúricos na clínica suíça, que nos últimos 12 anos ajudou mais de mil pessoas a morrer.

A organização britânica “Dignity in Dying”, que defende o suicídio assistido e teve acesso ao filme antes de sua transmissão, declarou que é “emocionante e, em algumas ocasiões, difícil de assistir”.

“Não busca esconder a realidade da morte assistida. Ao expor a perspectiva de uma pessoa no suicídio assistido, nos impõe o desafio de pensar sobre o tema e nos perguntar que opções podemos querer para nós e nossos entes queridos no fim da vida”, disse uma porta-voz.

“Censurar o debate não fará nada para ajudar aquelas pessoas que sofrem de maneira intolerável”, afirmou a porta-voz, que acrescentou que a realidade atual é que “as pessoas nem sempre viajam ao exterior para morrer, mas acabam com suas vidas em suas próprias casas”.

“Fazem-no a portas fechadas ou com a ajuda de médicos e de entes queridos que as ajudam de maneira ilegal”, acrescentou.

Já os ativistas que criticam a eutanásia, como a organização “Care Not Killing Alliance”, qualificaram o programa da “BBC” como uma propaganda a favor do suicídio assistido disfarçado em forma de reportagem.

O porta-voz do grupo Alistair Thompson acusou a “BBC” de não oferecer uma visão equilibrada sobre o assunto, dando destaque aos programas em que o suicídio assistido é defendido.

Segundo Thompson, o programa que será exibido nesta segunda-feira será o quinto em três anos que a emissora pública transmite a favor da eutanásia.

“Choosing to die” foi dirigido pelo escritor Terry Pratchett, que sofre de mal de Alzheimer e é partidário da eutanásia.

A reportagem começa quando Smedley deixa sua residência no Reino Unido e exibe o momento em que o milionário ingere uma dose de Nembutal com a ajuda de chocolate. Depois disso, ele começa a respirar com dificuldade e chama por sua esposa, com quem foi casado por 40 anos.

Enquanto agoniza, um dos empregados da clínica diz diante das câmeras: “Está perdendo o conhecimento. Em breve a respiração se deterá e depois será a vez do coração”.

Para Pratchett, a morte de Smedley foi “um acontecimento feliz”.

“Morreu tranquilo, mais ou menos nos braços de sua mulher, discretamente”, acrescentou.

No entanto, ressaltou que não sabe se teria coragem de fazer o mesmo: “Não tenho certeza do que faria se estivesse em seu lugar”.

Fonte: UOL

Publicado em Televisão | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Vídeo viral da música Eduardo e Mônica

eduardo e monica

Imagem do video publicitário

Em parceria com a produtora 02 Filmes, do diretor Fernando Meirelles (“Cidade de Deus” e “Ensaio sobre a Cegueira”), uma empresa de telefonia celular, prestou uma homenagem a “Eduardo e Mônica”, clássico da Legião Urbana lançado há 25 anos.

No vídeo, divulgado nesta terça-feira, a companhia recria, de forma atual, os passos do casal que deu certo apesar das diferenças.

O clipe mostra uma versão moderna do casal eternizado por Renato Russo e companhia, vivendo na era dos smartphones e tablets. Com o título “Amor, conexão e transformação”, a campanha da qual a ação faz parte foi criada pela agência África. A música, apesar de todo o sucesso, nunca teve um clipe próprio.

A homenagem, revelada aos poucos, chegou a ser anunciada por site e blogs como a produção de um longa metragem inspirado na canção. A O2 Filmes, no entanto, diz nunca ter divulgado a campanha como se fosse um filme.

A confusão se deu em meio à produção do filme “Faroeste Caboclo”, longa metragem inspirado em outra das músicas mais famosas de Renato Russo.

A produção é na verdade a campanha da Vivo para o Dia dos Namorados, celebrando “a história de amor mais cantada do Brasil”.

Além da estreia, a campanha também será extensamente veiculada nos cinemas no próximo domingo.

No Facebook, os perfis de Eduardo e Mônica funcionarão como uma espécie de making of da campanha, publicando as fotos de bastidores que cada um dos atores tirou durante as filmagens.

Pra quem cresceu ouvindo Legião Urbana, é difícil não se arrepiar com o filme, que pra mim é a melhor coisa que a Vivo já fez desde a sua fundação em 2003. Uma aposta certeira em conteúdo com significado para falar de conexão e relacionamentos.

Veja abaixo o video que está dando o que falar:

Fonte: Bol

Publicado em Musica | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Curiosidades sobre o Canadá

Bandeira do Canadá

Bandeira do Canadá

O Canadá é um país fascinante, com uma grande diversidade sócio-cultural. Veja abaixo alguns fatos interessantes sobre os Canadá:

A palavra Canadá deriva de “k’anata”, que significa “pequena povoação” ou “a vila” no idioma índigena – provavelmente o algonquino.

O Canadá é o segundo maior país do mundo em área territorial, ficando atrás apenas da Rússia.

Como todos sabem, a América do Norte é formada por três países: México, Estados Unidos e Canadá. O detalhe é que o Canadá ocupa 41% dessa parte do continente americano, ou seja praticamente a metade da América do Norte.

A fronteira do Canadá com os Estados Unidos é a mais longa fronteira terrestre do mundo.

O Canadá é o país que possui o maior número de lagos de água doce do mundo. São milhares de lagos, em todo o território. Só para se ter uma idéia, a província de Ontário possui nada mais nada menos do que 25.000 lagos.

São dois os climas: temperado e ártico. Os invernos costumam ser bastante frios, com nevascas e temperaturas abaixo de zero.

Em Toronto, a temperatura pode chegar a 40º C no verão e a -33º C no inverno, uma diferença de mais de 70º C.

O país possui o 11º maior PIB e 7a renda per capita do mundo. O Canadá integra o G8, grupo dos países mais ricos do mundo.

O Canadá é uma monarquia constitucional com sistem parlamentarista. Ou seja, a chefia do Estado é exercida por um monarca e a do governo por um primeiro-ministro.

O Canadá possui dois idiomas oficiais, o inglês e o francês. Cada província tem o direito de definir o seu idioma oficial. O francês é falado majoritariamente em Quebec, enquanto Nova Brunswick é bilíngue. As demais províncias falam principalmente o inglês.

Como país é bilíngue, qualquer produto à venda nos supermecados e lojas de conveniência possui informações nas duas línguas.

O país também possui dois hinos oficiais: o hino nacional (O Canada) e o hino real (God Save the Queen).

Agora a pergunta: se o Canadá é uma monarquia constitucional e tem o hino God Save the Queen como oficial, quem é o monarca? Resposta: a Rainha Elizabeth II, do Reino Unido.

As províncias do Canadá são Yukon, Nortwest Territories, Nunavut, Manitoba, Colúmbia Britânica, Alberta, Sakatchewan, Manitoba, Ontario, Quebec, Nova Brunswick, Labrador e Nova Escócia.

Por volta de 60% da população canadense vive na região dos Grandes Lagos e do Vale do Rio São Lourenço, no Leste do país.

As cidades mais populosas: Toronto, Montreal, Vancouver, Ottawa, Calgary, Edmonton, Quebec, Winnipeg, Hamilton e London. A região metropolina de Toronto, na província de Ontario, possui mais de 5 milhões de habitantes.

A maior parte da população canadense é cristã, sendo metade católica e metade protestante.

Quase 20% da população nasceu no estrangeiro, o que faz do Canadá um dos países com maior percentual de imigrantes do mundo.

O país possui um dos mais altos índices de desenvolvimento humano do mundo. Vancouver é a cidade 3º com melhor padrão de vida, eleita também a “cidade mais habitável” do planeta.

O Canadá é um dos países que tem o maior número de automóveis por pessoa, praticamente um carro para cada duas pessoas.

Chamada de Maple Leaf Flag, a bandeira do Canadá possui duas barras verticais vermelhas representando os oceanos Pacífico e Atlântico e uma folha de bordo no centro, representando o país.

O bordo é uma árvore típica do Hemisfério Norte, encontrada na Ásia, Europa e América do Norte. A folha do bordo muda de cor ou cai conforme a estação do ano.
Da seiva da árvore é extraído o xarope de bordo (maple syrup), muito consumido no Canadá e Estados Unidos com sorvetes, rabanadas, torradas e panquecas.

Montreal, na província de Quebec, é uma cidade quase que totalmente ligada por túneis. A cidade possui a mais extensa rede de túneis do mundo. É possível ir ao shopping, ao escritório ou escola sem sair ao ar livre. Estima-se que 500.000 pessoa circulem todos os dias pelos túneis de Montreal. O motivo está nos invernos com temperaturas normalmente abaixo de zero.

As mulheres representam 45% da mão-de-obra canadense. Elas ocupam quase todas as posições, de motorista de caminhão a presidente de empresa, de pedreira a advogada. Sinal de que no Canadá, a igualdade entre os sexos é levada a sério.

O esporte nacional é o hóquei sobre o gelo. Quase todas as escolas e universidades possuem quadras para a prática de hóquei.

O animal-símbolo do país é o castor, por lá chamado de beaver.

O basquete pode ser muito popular nos Estados Unidos, mas o crédito pela invenção do esporte é dos canadenses.

Assim como os seus vizinhos norte-americanos, os canadenses comemoram o Dia das Bruxas no final de outubro.

Não existe uma cozinha típica, ou muito menos pratos nacionais canadenses. A cozinha varia de região para região. Mas pode-se dizer que boa parte da população aprecia maple syrup, rosquinha, arroz selvagem, peixes (principalmente o salmão) e frutos do mar.

Canadenses famosos: Celine Dion, Alanis Morrisete, Alexander Grahan Bell, Jim Carrey, Donald Sutherland, Michael J. Fox e Bryan Adams.

A luva de baseball foi inventada no Canadá em 1883.

Com apenas 3 pessoa por quilômetro quadrado, o Canadá tem a quarta menor densidade demográfica do mundo.

Ao contrário da opinião popular, o Canadá não é dono do Pólo Norte. Na verdade, o Pólo Norte não é propriedade de nenhum país. No entanto, acredita-se que o Papai Noel venha do Canadá.

O Canadá é terra de diversas invenções, incluindo basquete, lâmpada elétrica, microscópio de elétrons, televisão, telefone, zipper e outros.

Fonte: Mais que Curiosidade

Vancouver English Centre

Publicado em Curiosidades | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário